Uma velhinha passa em frente à um posto de saúde e vê uma enorme fila para distribuição de camisinhas.
Curiosa ela pergunta ao rapaz que está em último na fila:
- Mocinho, com licença! Pra quê que é essa enorme fila?
O cara, meio tímido ou gozador, não quis dizer a verdade para a
vovozinha:
- Ah! Tão distribuindo manga.
E a velhinha toda feliz:
- Oba! Eu adoro manga!
O sujeito então saiu fora da fila e foi embora envergonhado.
Quando chega a vez dela de ser atendida o balconista do posto, surpreso,perguntou?
- Oh! Aí vovó, a senhora ainda trepa?
A velhinha com medo de subir no pé de manga responde:
- Trepar eu não trepo não, mas se botar na minha mão eu chupo que é uma beleza.