Uma dona de casa recebe um amante todos os dias em casa, enquanto o marido trabalha.
Durante esse tempo ela mete o filho de 9 anos trancado no armário do quarto.
Certo dia o marido chega a casa e o amante ainda lá está.



Então ela tranca o amante no armário onde estava o filho.


Ficaram lá um bocado, até que o miúdo diz:


* Tá escuro aqui...
* Tá...
* Eu tenho uma bola de ténis para vender...
* Que giro!
* Queres comprar?
* Não!
* Pronto... Se preferes que eu diga ao meu pai...
* Quanto é que queres pela bola?
* 25 euros.
* Toma.


Uma semana depois, o marido torna a chegar cedo.


O amante está em casa.


O miúdo está no armário. O amante vai para o armário.


Eles lá ficam em silêncio até que o miúdo diz:

* Tá escuro aqui...
* É, está.
* Eu tenho aqui uma raquete de ténis para vender por 150 euros.
* Que bom.
* Queres comprar?
* 150 euros??? É muito cara!!
* Se preferes que eu diga ao meu pai... É contigo..
* Nao, não... Eu compro.
* Aqui está.



Outra semana depois, o marido torna a chegar cedo.


O amante está em casa.


O miúdo está no armário.


O amante vai para o armário.


Eles lá ficam em silêncio até que o miúdo diz:


* Tá escuro aqui...
* É, está.
* Eu tenho aqui umas sapatilhas da Nike para vender por 500 euros.
* Que bom para ti.
* Queres comprar?
* 500 euros??? Tás doido?!!
* Se preferes que eu diga ao meu pai... É contigo..
* Não não, eu compro, eu compro.


No fim-de-semana, o pai chama o filho:


* Pega na bola e na raquete e vamos jogar.
* Não posso. Vendi tudo.
* Vendeste? Por quanto?
* 675 euros.
* Não podes enganar os teus amigos assim. Vou levar-te agora ao padre para te confessares.


Chegando à igreja, o miúdo entra pela portinha, ajoelha-se e fecha a portinha.


Abre-se uma janelinha e aparece o padre.
--* Meu filho, não temas a Deus, diz e Ele perdoar-te-á. Qual é o teu pecado?
-- * Tá escuro aqui, não tá?
-- * Não vais começar com essa m**da outra vez, pois não???