Os preços do petróleo seguem a negociar em queda nos mercados internacionais, depois de ontem ter registado o maior tombo em sete anos ao recuar 10 dólares, depois da Câmara dos Representantes ter chumbado o plano Paulson, que se destinava a injectar 700 mil milhões de dólares no mercado, para assim salvar as instituições em risco devido à crise financeira.

Em Nova Iorque, o crude de entrega para Outubro cede 2,39 dólares para os 93,98 dólares por barril.


Já em Londres, o brent de entrega para Outubro desliza 1,44 dólares para os 92,54 dólares por barril

diario.iol.pt