Vai ser analisado amanhã pela Câmara dos Representantes.

Bruxelas pede que Congresso americano resolva rapidamente a crise financeiraO Senado norte-americano vai votar, esta quarta-feira, uma versão revista do plano de Paulson, que prevê injectar de 700 mil milhões de dólares na economia americana, depois da versão original ter sido rejeitada pela Câmara dos Representantes.

A nova versão do pacote incluiu um aumento dos montantes segurados pela Federal Deposit Insurance Corporation (FDIC), no que respeita aos depósitos bancários e vai ser analisado pela Câmara dos Representantes esta quinta-feira.

Recorde-se que, o plano foi rejeitado na segunda-feira ,o que provocou uma enorme queda nos mercados financeiros.

Na altura, o presidente americano, George W. Bush, disse que as perdas resultantes para a economia ascenderam a um bilião de dólar, em vez dos 700 mil milhões previstos no plano.

Por seu lado a Comissão Europeia (CE) fez saber que lamenta que o plano financeiro dos Estados Unidos, para salvar os mercados, tenha sido chumbado e culpou a maior economia do mundo pela turbulência que se está a sentir.

Por este motivo, e segundo o «El País», Bruxelas apelou ainda aos Estados Unidos que assuma a sua responsabilidade, dado a União Europeia (UE) estar a fazer o que lhe compete.

Portugal Diário