mas afinal em que é que ficamos