Um dos criadores da rede Facebook vai abandonar o projecto e criar uma nova empresa de serviços na Internet, que poderá ser “uma extensão natural” do projecto original.
Dustin Moskovitz leva consigo um dos principais engenheiros da rede social, Justin Rosenstein, que também esteve presente quase desde o início do Facebook, a rede social criada em Harvard em 2004.
O novo projecto pretende desenvolver “outra paixão” do co-fundador do Facebook, que é como ele próprio explicou ajudar as empresas a obter melhores resultados. Moskovitz garante que o novo projecto não substitui o que foi construído pelo Facebook mas é um complemento e intenção é que seja uma extensão natural do produto e objecto desta rede.
Actualmente o Facebook tem sede em Silicon Valley e conta com 100 milhões de participantes, acumulando uma quota de cerca de 20 por cento do mercado norte-americano de redes sociais. Este ano as receitas da empresa devem ultrapassar os 300 milhões de dólares.


Msn Tecnologia