Arrendamento de habitação será a melhor opção à compra
O Orçamento de Estado para o próximo ano, que o Governo vai apresentar já amanhã, vai apostar numa série de medidas que levem os portugueses a investirem no mercado do arrendamento de habitação. Será uma opção para as dificuldades de acesso ao crédito para habitação.


O Governo pretende que os portugueses apostem no arrendamento de habitação, tanto para quem aluga ou para quem pretende alugar. Esta é uma das apostas do Orçamento de Estado para 2009 que será amanhã apresentado pelo Governo.

O Orçamento para 2009 prevê uma série de medidas para favorecer a opção do arrendamento quando as dificuldades são cada vez maiores no acesso por parte dos portugueses ao crédito bancário para compra de habitação.

Numa altura em que a crise financeira dificulta a compra de casa, há três normas que o executivo quer ver aprovadas e que oferecem vantagens ao arrendamento.

Senhorios e inquilinos vão ter incentivos fiscais, com benefícios no IRS e os particulares passam a estar isentos do pagamento de Imposto Municipal Imobiliário (IMI) se fizerem obras de beneficiação nas casas quando estas se destinem a arrendamento.

Por outro lado a tributação vai ser agravada para casas que estiverem em risco de ruir, ou seja, os proprietários de imóveis nesta situação ser obrigados a pagar três vezes mais de IMI.




RTP