A Coreia do Norte ameaçou hoje reduzir a Coreia do Sul a "escombros" se esta não acabar com a sua política de confrontação.

"As autoridades fantoches devem ter em mente que os nossos ataques preventivos vão reduzir tudo... a escombros e não apenas a ferro e fogo", ameaçou o exército norte-americano em comunicado.

"Será uma guerra justa... visando construir um Estado independente reunificado", acrescentou o comunicado.

A Coreia do Norte previne ainda que o seu exército vai agir de forma "determinada" se a Coreia do Sul prosseguir a sua atitude de confrontação, difundindo panfletos a criticar o regime de Pyongyang.

A Coreia do Norte possui "um ataque preventivo mais poderoso e sofisticado" que o da Coreia do Sul, assegurou igualmente o exército norte-coreano.

A Coreia do Norte ameaçou segunda-feira expulsar os poucos responsáveis sul-coreanos ainda presentes num complexo industrial explorado conjuntamente pelos dois países se Seul não parar uma campanha de propaganda contra Pyongyang.

Pyongyang protesta contra o envio, por activistas sul-coreanos, desde a fronteira, de milhares de panfletos, presos a balões, criticando o regime norte-coreano.

Lusa