Primeira base de dados sobre próteses arranca hoje A primeira base de dados nacional sobre próteses articulares vai ser implementada a partir de hoje em 14 hospitais públicos e privados, ainda em fase de testes, disse à Lusa o responsável pelo projecto.

O grande objectivo deste registo é o de reunir, estudar, sistematizar e disponibilizar o maior número possível de dados sobre próteses existentes em Portugal, segundo José Costa Ribeiro.

“Esta base de dados será uma mais-valia para cirurgiões, doentes e entidades administrativas. O registo permitirá ainda classificar o desempenho de cada uma das próteses, segundo o perfil de cada doente”, acrescentou.

Com o Registo Português de Artroplastias (RPA) será ainda criado um sistema de alerta “muito útil” para que os problemas relacionados com determinado implante sejam precocemente detectados.

Fonte:Açoriano Oriental