Hans-Juergen Abt, o actual manager da empresa de tuning, afirma que a empresa sentiu-se motivada a alterar o Scirocco devido às suas características naturais de condução e look dinâmico. Para melhorar ambos os aspectos, a ABT deu-lhe um novo spoiler dianteiro de forma a torná-lo ainda mais agressivo e distinto, enquanto que novas saias laterais fazem-no parecer ainda mais perto do chão.

Na traseira, o Scirocco recebeu um conjunto ABT de saia traseira e um escape de quatro saídas diagonais bem como uma asa para aquela secção posterior. Estão ainda contempladas as jantes BR ou AR da marca, em 18 e 20 polegadas, para completar o kit.

Este foi o tratamento dado à aparência dinâmica. A agilidade foi o aspecto seguinte a merecer atenção. Foram montadas uma molas desportivas que baixam o Scirocco em cerca de 30 mm, melhorando o controlo sobre o carro e dando-lhe também uma aparência mais “rasteira”.

Para todas as modificações apresentadas, incluindo o pack aero, o escape de 4 saídas e conjunto completo de jantes, a ABT está a cobrar cerca de 5.990€ sobre o valor do Volkswagen Scirocco. No entanto, não estão incluídas modificações a nível de motor.

O motor 1.4 L TSI irá surgir com 200 CV contra os “apenas” 160 CV de origem e o 2.0 L turbo-diesel chegará aos 170 CV, havendo um ganho de 30 CV sobre o bloco original. Durante o próximo ano, pensa-se que a ABT possa apresentar um 2.0 L TSI a rondar os 240 CV.

Para assegurar a travagem destes novos conjuntos, a ABT disponibiliza ainda um upgrade do kit de travagem, com discos de 345 mm de diâmetro.

Fonte: Maxi Tuning