A maioria das empresas de tuning alemãs costumam fazer os seus trabalhos com bases europeias, no entanto a GeigerCars sempre teve uma obsessão pelos musculados carros americanos.

O modelo base original – Dodge Challenger SE – vem apenas com um V6 de 250 CV e a GeigerCars considera essa potência “totalmente desadequada”. Mesmo a versão R/T de 375 CV e a SRT8 com 425 são algo pobres para a empresa tuning alemã o que se compreende pela apresentação de alguns conjuntos de turbocompressor.

Utilizando o método de admissão forçada, a Geiger dá ao Challenger SRT8 uns saudáveis 569 CV às 6300 rpm. Simultaneamente, serão entregues 680 Nm de binário às enormes 22 polegadas das rodas traseiras.

Para assegurar que o carro se faz ouvir de forma agressiva como aparenta, a Geiger inlcui um sistema de escape por 1990€ que reproduz um som “magnífico” para os ocupantes do veículo ao mesmo tempo que poupa todos os outros na estrada.

Para parara toda esta potência, há um sistema de travagem de alta performance por 6644€. Por esse dinheiro a Geiger inclui seis bombitos à frente e quatro para cada roda do eixo traseiro bem como discos de 380 mm à frente e 355 atrás. Para ajudar o carro nas curvas, está ainda disponível um sistema de suspensão ajustável da H&R por 1529€.

Fonte: Maxi Tuning