O Carlsson Aigner® CK55 RS Rascasse, é baseado no Mercedes-Benz GL 500 e vai fazer a sua estreia no Salão de Genebra. Este Rascasse será produzido numa edição limitada a 20 unidades. A qualidade é visível desde o primeiro olhar. A pintura em duas tonalidades, referência dos trabalhos Carlsson Aigner, confirma que este Carlsson Aigner® CK55 RS Rascasse não é um carro comum.

Foram aplicadas várias camadas de um vermelho-tinto metálico, suave abaixo da linha das janelas. Por cima dessa linha, a tonalidade negra, rica faz um feliz casamento com a cor vermelha, com o contraste a enobrecer o Rascasse.
O kit estético Carlsson AIgner consiste em arcos das rodas mais largos, ligados entre si por umas saias
A secção dianteira está mais imponente com o novo capot e por baixo foram montadas ainda uma grelha e sub-grelhas em cromado.
O pára-choques recebeu luzes de circulação e de nevoeiro adicionais além de luzes diurnas de circulação em LED integradas na extensão do spoiler.
Atrás, recortaram-se os orifícios necessários ao surgimento das 4 saídas do sistema de escape, sistema que foi optimizado para mais baixa pressão traseira e um soar de enorme V8.
As peças do kit estético são feitas em PU-RIM, o material flexível utilizado pela Mercedes-Benz para os seus pára-choques originais.
Este material é muito mais acro do que a fibra de vidro mas é mais leve e resistente a pequenos choques.

O motor original tem 5.461cc, 48 válvulas, DOHC V8 tem 388 CV e 530 Nm de binário. A conversão realizada pela Carlsson com o escape, cabeças de motor trabalhadas, árvores de cames de maior abertura e ainda a reprogramação da centralina colocaram a potência nos 465 CV com 640 Nm de binário.

O Carlsson Aigner® CK55 RS Rascasse faz 5.9 segundos dos 0 aos 100 Km/h, valor que pode ser comparado com os 6.5 segundos do GL500 original. As jantes são tri-partidas em 23” com pneus 305/30ZR23.
Todo o conjunto foi rebaixado com o kit de rebaixamento electrónico que pode ir até aos 40 mm. Em combinação com as jantes e pneus mais largos, conferem outra sensação de condução e de sentir a estrada.

Para o interior, há inúmeros acessórios sempre com um grande cunho de estilo e luxo presente desde protecções para ops bancos, manómetros, aplicações estéticas.
A multimédia não foi esquecida e há ainda disponíveis monitores de 8” e um sistema de som surround como opcional.

Fonte: Maxi Tuning