Foi acusado como adulto e a sua identidade revelada.
Um rapaz de 11 anos matou no sábado com um tiro na nuca, a namorada grávida do pai, quando esta dormia, numa quinta no oeste da Pensilvânia e depois foi para a escola, informou a polícia.

O rapaz foi acusado como adulto e com revelação de identidade por parte da polícia, pela morte de Kenzie Marie Houk, de 26 anos, grávida de oito meses, e pelo homicídio de criança não nascida.

Familiares de Kenzie Marie disseram à AP que esta tinha problemas de relacionamento com o rapaz. «Era um problema de ciúmes», disse Jason Kraner, de 34 anos, cunhado de Kenzie Marie. «Ele tinha de facto dito ao meu filho que queria fazer o que fez.»

Foi a filha de Kensie Marie, de quatro anos, que alertou trabalhadores da quinta, dizendo-lhes pensar que a mãe estava morta.

O rapaz foi detido na escola e mantido sob prisão na cadeia do Condado de Lawrence, devendo ser ouvido na próxima quinta-feira, disse a polícia de Wampum.


LUSA