Assim se depreende do novo manual de inspecções técnicas tornado público pelo Ministério da Indústria espanhol.
Esta circunstância produziu-se graças ao esforço dos fabricantes de amortecedores agrupados na GESAFA e dentro da associação espanhola de fabricantes de componentes SERNAUTO.

Tudo indica que graças ao esforço da GESAFA desaparecerá de um vez por todas a possibilidade de falta leve nas inspecções periódicas obrigatórias em Espanha quando os amortecedores tiveram uma fuga de óleo, já que um amortecedor com uma fuga, por insignificante que seja, está completamente deteriorado e deveria ser imediatamente substituído, sem outra interpretação possível por parte do inspector.

Para o efeito vai ser celebrado um encontro com os responsáveis do ministério espanhol para transmitir a ideia dos benefícios que teria para o parque automóvel em termos de segurança amortecedores em bom estado. Uma vez confirmada a sua pretensão, os esforços da GESAFA irão no sentido de formar o pessoal das ITV para os dotar dos conhecimentos adequados no capítulo dos amortecedores.

Diversos estudos levados a cabo pela GESAFA nos últimos anos revelaram a importância de se circular com amortecedores em bom estado. Amortecedores com 65.000 km já têm um efeito negativo sobre o comportamento do veículo em manobras evasivas ou em travagens. Os resultados dos seus estudos e investigações podem ser consultados na seguinte morada Web: _www.LosAmortiguadoresSalvanVidas.com

A GESAFA (Gabinete de Estudos para a Segurança Automóvel dos Fabricantes de Amortecedores) está integrada dentro da SERNAUTO, a Associação Espanhola de Fabricantes de Equipamentos e Componentes Automóveis. Este grupo de trabalho nasceu em 2003 com o objectivo de dar a conhecer aos condutores a importância que têm os amortecedores na sua segurança e correcto funcionamento do veículo. É uma iniciativa dos principais fabricantes de amortecedores: AL-KO, KYB, QUINTON HAZELL (LIP), TENNECO (MONROE), TRW e ZF TRADING (SACHS Y BOGE).