V. N. Famalicão: Dois elementos do grupo estão em prisão preventiva na cadeia de Custóias
‘China’ volta a tribunal


Sérgio Ribeiro, mais conhecido pela alcunha de ‘China’, começa a ser julgado no próximo dia 5 de Maio no Tribunal de Vila Nova de Famalicão.



Neste processo, o jovem de 19 anos que já conseguiu fugir da cadeia de Guimarães no Verão de 2007 está acusado de ter assaltado três cafés e roubar dois carros, com outros quatro indivíduos. Mas apenas ‘China’ e ‘Cesteiro’, de 27 anos, estão detidos preventivamente em Custóias.

O grupo protagonizou três madrugadas de assaltos na cidade de Famalicão, entre 11 e 13 de Julho do ano passado – dia em que o grupo foi interceptado na cidade do Porto, pela PSP.

Numa noite, seguiam num Fiat Uno furtado em Santo Tirso de tal forma carregado com a máquina de tabaco e o material informático roubado num café que deixaram cair um LCD.

A Acusação, a que o CM teve acesso, imputa ainda a ‘China’ um crime de condução sem habilitação legal (era o condutor dos carros furtados) e um crime de resistência e coacção sobre funcionário. É que uma hora antes de ser apanhado, o grupo foi interceptado por dois polícias que, já fora do carro, deram ordem de paragem a ‘China’. Mas o jovem não respeitou, "imprimiu velocidade à viatura e [...] virou-a em direcção aos agentes", lê-se na Acusação.

PORMENORES

PREJUÍZO

O grupo furtou carros, máquinas de tabaco, bebidas, televisores e computadores num total de 20 mil euros.

FUGIU DA CADEIA

‘China’ esteve preso preventivamente na cadeia de Guimarães por assalto à mão armada a uma gasolineira, mas conseguiu evadir-se. Foi capturado quatro meses depois pela GNR de Joane.

CONDENADO

Dezoito meses de cadeia com pena suspensa e 750 euros de multa foi a sentença a que Sérgio foi condenado no Tribunal de Santo Tirso por tentar atropelar um GNR.