As principais praças asiáticas recuaram, na sessão de hoje, acompanhando a evolução negativa dos índices norte-americanos e dos mercados europeus, pressionadas pelo sector financeiro com renovados receios de necessidades de financiamento de grandes bancos nos EUA.

O MSCI Asia-Pacific, que desde o início de Março acumula uma valorização superior a 25%, seguia a perder 1,6% para 87,80 pontos. No Japão, o Nikkei 225 caiu 2,67%, enquanto o Topix terminou a sessão a deslizar 2,33%, desempenho seguido pela generalidade dos mercados a oriente.

O “The Wall Street Journal” noticia, hoje, que o Bank of America e o Citigroup estão a ser informados pelos reguladores norte-americanos de que as posições de capital são, ainda, insuficientes para a fazer face as adversidades futuras, reavivando, assim, os receios dos investidores perante o sector financeiro.

O National Austrália Bank, o maior do país em activos, recuou 3,7%, enquanto as acções da Ping An Insurance, a segunda maior companhia seguradora da China, afundou mais de 9%, com a queda maior do que o esperado nos resultados a acentuar o desempenho negativo.

Jornal de Negócios