As principais praças norte-americanas encerraram em queda, pela segunda sessão consecutiva, devido aos receios de que os bancos precisem de mais capital e que o surto de gripe suína afecte a retoma económica. Estas preocupações ofuscaram o aumento, maior do que o esperado, da confiança dos consumidores norte-americanos.


O Dow Jones fechou a ceder 0,10%, fixando-se nos 8.016,95 pontos. O S&P 500 caiu 0,27%, para 855,16 pontos.O índice tecnológico Nasdaq terminou a marcar 1.673,81 pontos, com uma desvalorização de 0,33%.


O Bank of America e o Citigroup perderam terreno devido a uma notícia do “The Wall Street Journal” que dava conta de que os testes de avaliação do governo à banca revelaram que estes dois poderão precisar de mais capital para equilibrarem as suas contas.

A Delta Air Lines cedeu 9,9%, penalizada pelos receios de que o surto de gripe suína reduza as viagens de avião.


A General Motors desvalorizou 11% depois de os detentores de obrigações da fabricante automóvel terem afirmado que o plano da empresa para trocar 27 mil milhões de dólares de dívidas por acções não é razoável.


Fonte: Jornal de Negócios


.