As principais bolsas asiáticas registavam hoje a primeira sessão de ganhos em três dias, animadas pelas valorizações das companhias produtoras de matérias-primas e de bens relacionados com o consumo. Depois de ter sido anunciado que as exportações da Coreia do Sul avançaram, também o optimismo de que os resultados das empresas estejam a resistir à recessão da economia mundial está a contribuir para a subida das bolsas.

O índice MSCI Asia Pacific somava 1,6% para os 266,95 pontos, depois de ter recuado cerca de 4% nos últimos dois dias a reflectir os receios de que o alastrar da gripe suína venha a atrasar a recuperação da economia global. As bolsas japonesas estiveram hoje encerradas por feriado.

Em Hong Kong, o índice Hang Seng ganhava 1,8% enquanto o sul-coreano Kospi apreciava 1,6%.

Do lado dos ganhos destaque para a China Petroleum &Chemical, a maior refinaria asiática, que avançava 2,9% depois de ter anunciado que os lucros do primeiro trimestre do ano poderão subir mais de 50%.

Já a Samsung valorizava mais de 7% depois da casa de investimento Hana Daetoo Securities ter afirmado que os resultados da empresa vão melhorar.

Jornal de Negócios