Tudo se “descobre” neste mar de rosas ...