Uma ópera-rock baseada na vida de Wolfgang Amadeus Mozart vai estrear em Paris a 22 de Setembro. Vai ser assim homenageado um dos maiores génios da música, responsável pela produção de várias óperas, concertos, sinfonias e coros.

«Pela atitude dele, Mozart foi o primeiro rock star. Revoltou-se contra os princípios e as normas da época, morreu jovem e era um libertino», declarou o co-produtor Albert Cohen, citado pela agência Reuters.

Conhecido como um prodígio de tenra idade que se tornou uma das personalidades mais importantes da cultura europeia, pouco se sabe, no entanto, sobre a vida pessoal do compositor. E é precisamente nesse ponto que os produtores se querem centrar.

A ópera apresentará então os altos e baixos e a presença do amor na vida de Mozart desde a sua cidade natal, Salzburgo, até à fama alcançada internacionalmente.

Para dar vida ao cenário, o musical conta ainda com um elenco de 60 actores, cantores e músicos vestidos à época, acompanhados por violinistas ao estilo do século XVIII e uma banda de rock. Esta produção, que custou cerca de 6 milhões de euros, vai também beber algumas influências ao filme «Amadeus», de Milos Forman, lançado em 1984.

iol