As infecções no peito, também denominadas mastites, são uma preocupação para as mães dos recém-nascidos. Estas infecções são mais comuns por volta das 2 semanas após o parto e são causadas por bactérias que vivem normalmente na superfície dos seios. A fadiga, o stress e as roupas apertadas podem levar à obstrução dos canais do leite e predispô-los a infecção. A infecção pode também ser causada por mamilos gretados ou feridos, se isto a levar a não esvaziar completamente o peito por ser um processo doloroso.

Os sintomas das mastites incluem: arrepios, dores semelhantes às da gripe e seios doridos. Caso tenha estes sintomas contacte o seu médico imediatamente, uma vez que o tratamento imediato é muito eficaz e pode evitar possíveis recaídas. O médico provavelmente irá receitar-lhe um tratamento que pode fazer em casa.

Eis algumas regras simples que pode seguir:

Descanse bastante e alimente-se apropriadamente.
Beba pelo menos 8 copos de água por dia.
Aplique compressas húmidas no peito para aliviar e promover a drenagem.
A infecção do peito não infecta o seu leite, podendo assim continuar a amamentar.
Amamente primeiro do seio não infectado, enquanto o seio infectado “descansa”.
Esvazie o seio infectado. Se amamentar for muito desconfortável, bombear o seu próprio leite é uma alternativa.
Informe o seu médico se tenciona continuar a amamentar, porque isso pode afectar a selecção do antibiótico, caso necessite de um.
Não tome nenhum medicamento sem falar primeiro com o seu médico.