Só nos Estados Unidos, mais de 20% dos bebés nascem de cesariana. Este procedimento cirúrgico realiza-se para retirar directamente o bebé do útero em vez de nascer vaginalmente. O trabalho de parto prolongado, perigo fetal, história de partos difíceis são boas razões para se recorrer à cesariana.

Este procedimento é considerado uma cirurgia abdominal importante e necessita de anestesia geral ou local. A anestesia afecta-a a si e ao bebé, portanto não se admire que o bebé esteja um pouco embriagado no período de 12 horas seguintes ao nascimento. Dependendo das circunstâncias e do tipo de anestesia usada, pode ser capaz de cuidar do bebé 1 hora após o parto.

Quando passa a acção da anestesia começa a sentir dores em redor do local da incisão. O seu medico irá receitar-lhe um analgésico apropriado. Este tipo de cirurgia pode também afectar o trato digestivo, causando flatulência (gases) e desconforto durante alguns dias. Se as dores provocadas pelos gases forem fortes, consulte o seu médico para receber tratamento adequado.

Após uma cesariana sentir-se-á cansada e dorida e necessita de algum tempo para convalescer. Poderá regressar a casa dentro de uma semana após o parto, sendo os pontos retirados nesse período. É importante ter alguém em casa que a ajude durante a primeira e segunda semanas. Deve evitar subir escadas e pegar em pesos durante este tempo.

Se está a amamentar o bebé deve tentar diferentes posições para o segurar e alimentar, de modo a exercer menos pressão no seu abdómen que está a cicatrizar. Talvez uma das melhores posições para este efeito seja estar deitada com bebé deitado ao seu lado e voltado para si. Isto ajuda a tirar o peso do bebé do seu abdómen.