Macau, China, 20 Ago (Lusa) - O ex-presidente do Conselho de Consumidores de Macau, Alexandre Ho, suicidou-se no domingo num quarto de hotel em Zhuhai, concluiu a investigação da polícia que encontrou um bilhete junto ao corpo a justificar o acto.

Segundo o jornal em língua chinesa Ou Mun, Alexandre Ho deixou um bilhete em que justificava o suicídio por sofrer de doença prolongada e por se encontrar desempregado, dizendo-se triste e desiludido.

A polícia de Zhuhai deu por concluída a investigação sobre a morte do ex-presidente do Conselho de Consumidores de Macau, que estava envolvido num caso de corrupção, excluindo a possibilidade de homicídio e confirmando o suicídio através de enforcamento.
lusa.