Um casamento foi a oportunidade para desconhecidos se apropriarem esta tarde, em Mangualde, de bens deixados no interior de viaturas de convidados, revelou à agência Lusa fonte da GNR.

Os lesados eram convidados num casamento realizado na igreja de Nossa Senhora do Castelo, uma ermida situada num local um pouco afastado da vila. Fonte da GNR revelou que foram apresentadas três queixas por furto de diversos bens, entre eles equipamentos de GPS.

Acrescentou que em outras ocasiões no local ocorreram assaltos a viaturas em situações similares, frequentemente associados ao descuido das pessoas em deixar bens à vista.

Uma das vítimas do assalto contou à agência Lusa que os autores recorreram ao arrombamento da fechadura das viaturas, de onde levaram os bens que lhe encontraram e que lhes interessavam, entre eles dinheiro, cartões e cheques bancários, pequenas jóias e documentos pessoais