O governo britânico recusou enviar este ano reforços para o Afeganistão, como reclamou o alto comando, declarou o ex-chefe do Estado-maior do exército de terra britânico, numa entrevista publicada pelo The Sun.
Manifestando a sua decepção relativamente aos membros do governo de Gordon Brown, o general Richard Dannatt, que se reformou no mês passado, precisou que o envio de dois mil soldados suplementares foi recusado.

As tropas devem combater «com um braço ao peito», explicou, sublinhando que o alto comando pede reforços desde o início de 2009.

Diário Digital / Lusa