Santa Maria: Médicos suspeitam de lesão neurológica
Filha de Miguel fica internada


A pequena Rafaela, a filha de seis anos do futebolista Miguel, que sofreu uma aparatosa queda no sábado, de um 9º andar de um prédio no Parque das Nações, em Lisboa, vai continuar internada no Hospital de Santa Maria sob vigilância médica devido à suspeita de lesão neurológica na coluna cervical.

As preocupações e a angústia da família não terminaram depois de se saber que a criança se tinha salvo miraculosamente de tão aparatosa queda e sofrido apenas uma fractura (exposta) num braço e na 4ª vértebra da coluna cervical. É que nas últimas horas a equipa de médicos do Hospital Santa Maria que assiste a pequena Rafaela manifestou suspeitas de que a criança possa ter sofrido eventualmente alguma lesão neurológica. Dado as suspeitas, a criança vai permanecer internada durante mais alguns dias naquela unidade hospitalar, para vigilância clínica apertada e para a realização de mais exames.

A criança foi submetida a cirurgia devido à fractura do braço e está a recuperar bem.

O acidente ocorreu logo a seguir à hora de almoço, no sábado, quando a menina ficou sozinha por breves instantes num quarto.

Quando Soraia, a mãe da criança e mulher de Miguel, regressou para junto da filha e não a viu no quarto, acorreu de imediato à janela.

Nesse instante, Soraia ainda viu a filha a tentar levantar-se depois de ter sido amparada na queda vertiginosa por um canteiro de flores, que existe ao nível do terceiro andar e em redor de todo o prédio.

Na ocasião, o jogador de futebol encontrava-se em estágio no Valência, em Espanha, tendo apanhado de imediato um voo para Portugal para estar com a filha.

Vários foram os amigos do meio futebolístico que têm vindo a manifestar o seu apoio à família e ao jogador internacional português.


Fonte Correio da Manhã