Boa tarde,

Li esta noticia no jornal Diario de Noticias, que considerei ser importante aqui deixar. Só não sei se será o local correcto para o tema.



Num comunicado emitido esta segunda-feira, a Nokia revelou que pretende recolher cerca de 14 milhões de carregadores de bateria dos seus telemóveis, que poderão ser potencialmente perigosos para os utilizadores.

À AFP, James Etheridge, porta-voz da companhia, disse que a Nokia se responsabiliza pela substituição gratuita dos carregadores eventualmente defeituosos, ainda que a marca não tenha conhecimento de qualquer incidente resultante do seu mau funcionamento, que poderá traduzir-se em choques eléctricos.

Etheridge explicou que esta recolha de aparelhos se limita aos modelos AC-3E e AC-3U, fabricados entre o dia 15 de Junho e 9 de Agosto de 2009, e ao AC-4U, produzido entre 13 de Abril de 2009 e 25 de Outubro de 2009.

O AC-3E foi comercializado na Europa, enquanto os outros dois foram distribuídos na América Latina e América do Norte. Os três modelos foram produzidos pela BYD, empresa subcontratada pela Nokia.

A marca finlandesa avança ainda que os compradores poderão verificar no website da companhia se o seu carregador é potencialmente perigoso.