Bolanhesa

Proveniente de Itália, a sua utilização predomina mais no......

A pesca a Bolanhesa é utilizada principalmente no norte do País, onde as condições das albufeiras torna esta técnica muito eficaz. A sua utilização a grandes profundidades e a grandes distancia é muitas vezes a única forma de se obter uma boa pescaria.

Proveniente de Itália, esta técnica simula a pesca a Francesa mas a longas distancias. Apesar de não ser uma pesca de precisão, quando bem utilizada é a pesca ideal para capturar grandes exemplares.

Estas canas podem ultrapassar os 9 metros de comprimento e são construídas em carbono para facilitar o seu manuseamento. Perfeitamente eficaz quer a pescar com bóias fixas ou de correr, a gramagem é escolinha de acordo com o pesqueiro em causa e tendo em conta as condições do rio, sendo mais difícil de controlar não só os lançamentos mas também a sua engodagem em comparação com a pesca ao Coup.
Outro facto a ter em conta é a corrente que é prejudicial para esta técnica muitas vezes contornada com a utilização de métodos menos correctos de pesca.

No norte do Pais teve particular destaque a sua utilização na pista do Formão, onde o seu elevado comprimento permitia contornar as elevadas dificuldades que as condições da pista causavam aos pescadores, nomeadamente as árvores existentes ao longo de toda a pista.