Copenhaga, 13 Dez (Lusa) - A polícia dinamarquesa anunciou hoje a libertação de centenas de activistas que foram detidos durante as manifestações em Copenhaga para exigir um pacto global ambicioso para travar o aquecimento global do planeta.

A polícia refere que apenas 13 das 968 pessoas detidas durante a manifestação continuam sob custódia judicial.

As forças de segurança interpelaram activistas no final da concentração, quando alguns deles começaram vandalizar edifícios no centro da cidade.

lusa.