A electricidade já voltou a grande parte do concelho do Cadaval, à excepção da freguesia do Vilar, onde três mil habitantes continuam sem luz há mais de 60 horas, disse à Lusa o presidente da câmara.

Oito mil sem luz há mais de 60 horas

«Neste momento temos a situação mais controlada, à excepção da freguesia do Vilar onde não foi ainda restabelecida a energia porque continua a haver linhas caídas», afirmou à Agência Lusa o presidente da câmara, Aristides Sécio.

Os problemas de falta de água foram solucionados com o transporte de água pelos bombeiros para os depósitos. O autarca sublinhou que a reposição da energia evoluiu favoravelmente desde a hora de almoço, altura em que 70 por cento do concelho estava sem luz e com problemas de falta de água.

«Temos sentido uma grande vontade por parte da EDP em resolver os problemas, mas acontece que as avarias são muitas», frisou. Além disso, a chuva intensa dificulta um maior rendimento por parte das equipas da EDP.

O autarca frisou que hoje toneladas de fruta de duas centrais fruteiras do concelho que se encontravam a conservar em câmaras frigoríficas estiveram em risco, mas o restabelecimento da electricidade, numa delas, e o empréstimo de um gerador pela EDP, na outra, permitiram resolver o problema.

O presidente da câmara vai reunir sábado à tarde com as dez juntas de freguesia para efectuar um levantamento mais rigoroso de todos os estragos, a fim de ser enviado um relatório ao Governo Civil de Lisboa.


iol