Teodoro García Simental, mais conhecido como “El Teo”, foi detido esta terça-feira pelas autoridades mexicanas. Considerado um dos maiores traficantes de droga do país, “El Teo” era conhecido por dissolver as suas vítimas em ácido corrosivo.

A detenção de Simental, teve lugar no Noroeste do México, junto à fronteira com a Califórnia, numa operação que envolveu mais de 50 agentes, dois helicópteros e quatro autocarros.

A imprensa mexicana garante que na operação foi também detido um dos irmãos de “El Teo”, conhecido como “El Torito”.

Teodoro García Simental, que começou por pertencer ao cartel de Tijuana, estabeleceu-se por conta própria no mercado do narcotráfico mexicano em 2008, desencadeando uma onda de violência no país.

De acordo com as declarações em tribunal de Santiago Meza López, um antigo colaborador de “El Teo”, Simental deu ordens para o assassinato de pelo menos 300 pessoas, cujos corpos eram posteriormente dissolvidos em ácido.

Com a detenção de “El Teo”, o Governo mexicano consolida a estratégia definida para 2010, que passa pela detenção dos principais narcotraficantes do país.

Um plano que tinha tido na eliminação de Arturo Beltrán Leyva o seu ponto mais alto até ao momento.



lusa