O Centro de Operações de Emergências da República Dominicana suspendeu hoje o alerta máximo decretado na terça-feira em 18 das 32 províncias do país, face à possibilidade de tsunami, após o terramoto de 7 graus na escala de Richter que atingiu o país e o fronteiriço Haiti.
O organismo de emergência precisou, em comunicado, que, segundo dados do Gabinete Nacional de Meteorologia, as condições para um tsunami no país «diminuíram significativamente».

No entanto, afirmou que continuará «a monitorizar, em conjunto, com os organismos técnicos científicos do país, o comportamento da sismicidade em toda a ilha».


dd.