Paredes: Vendedor de tabaco ficou sem mercadoria no valor de 16 mil euros
Agredido e roubado


Um vendedor de tabaco foi assaltado e agredido por um grupo de três homens, que fugiram com cerca de 16 mil euros de tabaco, anteontem à noite, à porta de um café, em Gandra, Paredes.

Manuel Campos preparava-se para fazer o abastecimento da máquina de tabaco do café São Miguel, quando, ao chegar à carrinha onde guardava o tabaco, foi violentamente agredido por três homens, que actuaram de cara descoberta.

"Morderam-me num braço, bateram-me na cabeça e queriam empurrar-me para dentro da minha carrinha e raptar-me. Apesar de tudo, consegui fugir. Arrancaram com a minha viatura cheia de tabaco", explicou ao CM a vítima, que não conseguiu identificar os assaltantes.

No café, clientes e proprietários aperceberam-se do assalto e de imediato alertaram as autoridades. "Poucos minutos depois de eles terem fugido, passou uma patrulha da GNR que tentou apanhá-los", contou ao CM Rita Ribeiro, a dona do café.

"Não tenho seguro do tabaco. Agora vou ter de aguentar com o prejuízo", explicou ainda a vítima.

Ontem de manhã, a Citroen Berlingo do tabaqueiro foi encontrada perto do café São Miguel, numa zona com pouco movimento.



Fonte Correio da Manhã