A palavra da década é «Google» (o verbo e não o substantivo), de acordo com a American Dialect Society, que escolheu ainda «tweet» para palavra do ano. «Ambas as palavras são, no fundo, produtos da Era da Informação», explicou o presidente do Comité de Novas Palavras da associação que estuda a língua inglesa.

«Nesta altura, cada pessoa tem a capacidade de satisfazer a sua curiosidade e de se comunicar com uma audiência seleccionada, tudo via Internet», considerou Grant Barrett, em comunicado, afirmando, contudo, que «blog» deveria ter tido um lugar de destaque na década.
«Mas mais pessoas googlam do que blogam, não é?», argumentou, referindo-se aos verbos inventados pela sociedade norte-americana para o acto de fazer buscas na Internet e o acto de publicar mensagens numa determinada página pessoal, respectivamente. Além disso, «muitas pessoas acham que o som da palavra blog é feio», rematou.
Quanto a «tweet», refere-se ao termo usado quando se publicam mensagens especificamente no Twitter. O serviço de microblogs tem vindo a atrair a atenção dos peritos em linguagem, depois de, em Novembro, o Global Language Monitor ter escolhido «Twitter» como a palavra do ano, baseando-se numa pesquisa de frases publicadas na imprensa norte-americana. O Dicionário Americano New Oxford, por sua vez, considerou que «unfriend» (ou «desamigar») foi a Palavra do Ano de 2009, referindo-se ao acto de remover alguém de uma lista de amigos numa rede social, como o Facebook ou o MySpace.

Fonte: Diário Digital