O serviço de microblogs Twitter espalhou uma falsa notícia de que algumas companhias aéreas estavam oferecendo voos gratuitos ao Haiti para médicos e enfermeiras na quarta-feira (13), supostamente a fim de ajudar as vítimas do terremoto que ocorreu no país na última terça.

O rumor, entretanto, foi desmentido por um porta-voz da American Airlines.

"Na última noite, o boato sobre voos gratuitos da American e a JetBlue para médicos e enfermeiras era apenas isso --um boato. Não sabemos quem é o responsável, mas é algo muito baixo a se fazer", disse o porta-voz da companhia, Tim Smith, por e-mail.

O boato se estendeu à companhia de embarcações UPS, que supostamente estaria fornecendo navios gratuitamente para o Haiti. Por meio do blog da empresa, uma porta-voz afirmou que a informação é falsa. Segundo ela, a empresa também está doando US$ 1 milhão para ajudar os haitianos, por meio de agências humanitárias.

Já a porta-voz da JetBlue disse que a companhia está fornecendo voos gratuitos para trabalhadores de agências como a Cruz Vermelha até Santo Domingo, capital da vizinha República Dominicana --para daí serem transportados a Porto Príncipe pelo consulado haitiano.

"Não estamos oferecendo transporte gratuito para médicos que desejem voar para lá", disse ela.

(Folha Online)