Um número significativo de contribuintes terá sido afectado por um ataque de phishing, promovido na madrugada de terça para quarta-feira, que pretendia recolher informação de acesso aos serviços online das Finanças.

As Finanças já confirmaram o registo da acção fraudulenta e, em declarações ao Jornal de Negócios, salientaram que o ataque está a ser investigado pela Polícia Judiciária e também internamente.

A mensagem que chegava por email, denunciada por vários contribuintes, tinha como assunto “Fisco aperta gestores e clientes – incumprimento fiscal é crime” e tinha como suposto remetente os serviços de cobrança da Direcção-Geral de Impostos.


Uma vez aberta, a mensagem revelava vários links para endereços electrónicos que não estavam, de todo, relacionados com a DGCI. O objectivo era levar as pessoas a entretarem nesses sites e a revelarem palavras-passe ou informações bancárias.

Uma vez que o ataque não envolveu o servidor oficial dos serviços de Finanças, a instituição admite que não é possível saber quantos contribuintes foram de facto afectados, nem o grau de sucesso da acção.

Fonte : MSN