Steve Ballmer, CEO da Microsoft, revelou-se confuso com a decisão da Google poder vir a abandonar a China devido aos ataques que sofreu recentemente.

Em declarações à Reuters, Steve Ballmer disse que «existem ataques todos os dias. Não considero nada anormal a situação, por isso não consigo compreender»...«Somos atacados todos os dias a partir de todos os pontos do mundo e penso que muitas são as empresas que também têm este problema.»

A decisão da Google têm, para além dos ataques, razão de ser isto porque a censura do governos Chinês continua a bloquear alguns resultados aos utilizadores do motor de busca naquele país.


Confrontado com esta situação, Steve Ballmer disse ainda que «não pretendemos abandonar a China, até porque não nos ajuda em nada a nossa empresa e não consigo entender como pode ajudar a China».

Veremos como vão decorrer os próximos capítulos desta história, numa altura em que os apoios à Google continuam a surgir todos os dias.

Tech