Caldas da Rainha: Queda em escada rolante de centro comercial
Acidente deixa criança em coma


Uma criança de seis anos encontrava-se ontem em estado de coma no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, depois de ter sofrido uma queda de seis metros entre dois pisos de um centro comercial nas Caldas da Rainha, que lhe provocou um traumatismo craniano.

Rodrigo Luís Jorge Clemente, residente em Agualva, Sintra, estava a passear com os pais e os avós no Centro Comercial Vivaci Caldas quando, cerca das 22h50 de sábado, ficou preso no corrimão direito da escada rolante do piso zero.

"O miúdo foi brincar ao pé do corrimão, ficou entalado pelas pernas e foi projectado pelo ar, passando por cima do varandim, até cair no piso inferior", contou uma testemunha ao CM.

Os bombeiros e a equipa do INEM das Caldas da Rainha prestaram suporte básico e avançado de vida e transportaram a criança para o hospital local, onde foram feitos exames. "Apresentava uma aparente contusão pulmonar e possível traumatismo craniano, além de politraumatismos", revelou Joaquim Urbano, coordenador da viatura de emergência médica.

A criança foi transferida para o Hospital Santa Maria, tendo sido observada pela equipa de neurocirurgia, que estava a avaliar a possibilidade de uma intervenção cirúrgica.

A administração do centro comercial atribui a responsabilidade do acidente à criança: "A queda foi confirmada pelo circuito interno de vigilância e pelos seguranças que se encontravam no local, tendo resultado do uso inadequado do corrimão."

"Tratou-se de uma queda que em nada teve que ver com as condições de segurança do centro comercial, que estavam a ser escrupulosamente cumpridas", garante a administração, adiantando que "a última vistoria técnica às escadas rolantes foi efectuada na sexta-feira".

A escada rolante em que se verificou o acidente não estava ontem em funcionamento.



Fonte Correio da Manhã