Esposende: Acidente com cinco jovens do FC Marinhas
Choque mata atleta

Cinco atletas da equipa de juniores de futebol do FC Marinhas, Esposende, sofreram anteontem à noite um brutal acidente de viação, na EN 13, quando iam tomar café e o carro em que seguiam chocou com um autocarro. O condutor do Mercedes, de 19 anos, teve morte imediata. Três jovens ficaram gravemente feridos (estando um em coma) e outro teve ferimentos ligeiros.

Filipe Faria – vítima mortal, que ainda estava a recuperar de ferimentos que tinha sofrido há um mês num outro acidente – seguia ao volante do Mercedes da irmã quando, num cruzamento em Marinhas, não terá respeitado o sinal de STOP. E o condutor do autocarro não conseguiu evitar o embate, às 23h10. O motorista do veículo pesado, com destino a Viana do Castelo, teve ferimentos ligeiros e ficou em estado de choque. O carro em que seguiam os cinco jovens ficou destruído.

"Ele nem costumava sair muito, só mesmo para ir ao café com os colegas do Marinhas", disse ao CM um cunhado da vítima, abalado com a morte do jovem estudante. "Ouvi um grande estrondo, mas nem pareceu o barulho de um acidente. Parecia que tinha rebentado uma bomba", recordou Sameiro Afonso, moradora de Marinhas. Ainda perturbada pela imagem dos jovens encarcerados, a mulher não tem dúvidas de que "se o carro não fosse tão bom, ainda teria sido uma tragédia maior".

Ao início da noite de ontem, o ferido mais grave, João Vítor Lima, de 18 anos, estava internado em estado de coma no Hospital de Braga, onde Manuel Pedras, da mesma idade, permanecia na urgência. André Flores, também com 18 anos, já tinha sido transferido para o Hospital de Barcelos e Carlos Manuel Domingues, de 17 anos, que sofreu ferimentos ligeiros, teve alta ao início da tarde de ontem.

Os bombeiros de Esposende e a Cruz Vermelha de Marinhas socorreram as vítimas.

PORMENORES

EM COMA

João Vítor Lima, de 18 anos, guarda-redes da equipa de juniores do Marinhas, está internado na unidade de Neurocirurgia do Hospital de Braga, em estado de coma. Os outros feridos já estão livres de perigo e um deles já teve alta hospitalar.

OUTRO CHOQUE

Menos de meia-hora antes do acidente com os jovens atletas ocorreu outro choque, a poucos quilómetros de distância, mas na EN 103/1, em Palmeira de Faro. Um carro em que seguiam cinco ocupantes despistou--se, sendo que dois deles sofreram ferimentos ligeiros.

LESIONADO

Há cerca de um mês que Filipe Faria não alinhava na equipa, devido a uma lesão na perna causada por um acidente de carro. Anteontem, viu o jogo da bancada. Ontem à tarde, a equipa sénior do FC Marinhas fez um minuto de silêncio antes do início do jogo.


Fonte Correio da Manhã