O primeiro ministro, José Sócrates, anunciou hoje (sexta feira), em Bruxelas, que o Governo decidiu reduzir a meta do défice para este ano dos 8,3 por cento previstos no Programa de Estabilidade e Crescimento para 7,3 por cento.

O chefe de Governo, que falava no final de uma cimeira extraordinária de chefes de Estado e de Governo da Zona Euro, revelou que deu conta dessa decisão hoje à tarde ao líder do PSD, Pedro Passos Coelho, antes de assumir, à noite, esse compromisso com os restantes líderes dos países da moeda única.

Diário Digital / Lusa