Gang de cinco homens que assaltou bombas em Setúbal
Dois ladrões em preventiva

Dos cinco elementos que, na quarta-feira, foram detidos pela PSP pouco depois de terem efectuado um assalto a uma bomba de gasolina da Galp, em Setúbal, só a dois foi decretada a prisão preventiva como medida de coacção, uma vez que foram considerados pelo juiz como os mentores do golpe.

Os restantes três elementos do grupo armado saíram em liberdade, com a obrigação de apresentações periódicas na esquadra da PSP da área de residência, no bairro da Bela Vista.

Os suspeitos, todos eles já com antecedentes criminais, foram interceptados numa rua daquele bairro, num Renault Clio. Um dos ladrões ainda terá apontado uma pistola Walther a um dos agentes que procederam à detenção.


Correio da Manha