Suspeitas de financimento partidário
Buscas da PJ na Câmara do Cartaxo

Inspectores da Polícia Judiciária estão a fazer buscas nas instalações da Câmara Municipal do Cartaxo e a várias empresas, apurou o CM.

As buscas resultam de uma investigação a correr na Unidade de Combate à Corrupção e visam directamente a intervenção do presidente do município, Paulo Caldas, do PS, em adjudicações irregulares de obras.

SUSPEITAS DE FINANCIAMENTO PARTIDÁRIO

A investigação que a PJ tem curso sobre a câmara do Cartaxo está centrada em suspeitas de financiamento da candidatura do PS a este concelho nas eleições autárquicas de 2005.

O Correio da Manhã apurou que esse financiamento pode ter ocorrido através de concursos de obras ilegais acertados entre o presidente da autarquia, Paulo Caldas, e mais dois vereadores, também socialistas, que autorizaram adjudicações em substituição daquele.

As buscas, realizadas durante toda a manhã em vários locais do concelho do Cartaxo, visam ainda várias empresas de construção civil envolvidas nos referidos concursos.

'CÂMARA MUNICIPAL ESTÁ DISPOSTA A COLABORAR'

O gabinete de comunicação da autarquia, presidida por Paulo Caldas, confirmou ao CM as buscas, sublinhando apenas que “a Câmara Municipal está sempre disposta a colaborar com qualquer autoridade que queira fiscalizar as acções da autarquia”.


Correio da Manha