Saiba porque médicos e nutricionistas recomendam a sua ingestão

É saudável, natural e completo.

Contém proteínas de elevada qualidade e oito aminoácidos essenciais.

O que pode pedir mais de um alimento? Esclareça todas as dúvidas!

Quantos ovos se podem comer por semana?

Para uma criança, uma pessoa de estatura pequena ou média, ou que não faça desporto, recomen*dam-se três ou quatro ovos por semana. Uma pessoa corpulenta ou que pratique algum exercício físico intenso pode comer sete sem problemas.

Sobe os níveis de colesterol?

É verdade que o ovo contém coles*terol mas inúmeras investigações deitaram por terra o mito de que o colesterol ingerido no ovo por pessoas saudáveis aumenta o risco de virem a ter doenças cardiovas*culares.

É o principal responsável pelas salmonelas?

A salmonela é produzida pela ma*nipulação incorrecta dos alimen*tos. Para a evitar, compre e use apenas ovos com a casca intacta e limpa. Lave bem as mãos e os utensílios de cozinha; não parta os ovos no canto do recipiente onde os vai bater e não separe as claras das gemas com a própria casca.

Vigie o tempo de cocção para destruir as possíveis bactérias; cozinhe bem as tortilhas, por exemplo. Econserve todos os alimentos – frescos ou cozinhados – no frigorífico, particularmente no Verão.

É melhor o branco ou o escuro?

Não existem diferenças nutricio*nais entre um e outro. Acor do ovo deve-se à raça da galinha e não a factores relacionados com a alimentação da ave.

Como deve ser conservado?

No frigorífico, mantém-se fresco durante quatro semanas para além da data de validade. Coloque os ovos num compartimento inde*pendente, afastados dos outros alimentos, para que não absorvam sabores nem odores. As claras e as gemas, juntas ou em separado, podem ser congeladas, mas sempre sem casca e depois de serem ligeiramente batidas. Chegam a durar um ano, conservados desta forma.

Madalena Alçada Baptista