França: Segunda noite consecutiva de confrontos entre jovens e a polícia após morte de assaltante
Violência ameaça alastrar

A violência urbana está de volta a França, desta vez em Grenoble, no Leste do país, onde pela segunda noite consecutiva jovens delinquentes dispararam contra a polícia e incendiaram viaturas. A situação é tensa e parece longe de estar resolvida.

Tudo começou na noite de quinta para sexta-feira, no bairro de Villeneuve, depois de um jovem que assaltou um casino ter sido morto num tiroteio durante uma perseguição policial na vizinha Uriage-les-Bains. Karim Bousouda, de 27 anos, já havia sido condenado três vezes por assalto à mão armada. Um cúmplice conseguiu fugir e estava a monte após a dupla ter roubado entre 20 a 40 mil euros.

Revoltados com a morte, nas duas últimas noites dezenas de jovens envolveram-se em violentos confrontos com a polícia e incendiaram pelo menos 60 viaturas. Centenas de agentes têm patrulhado as ruas, tentando pôr termo à violência, tendo na última noite sido efectuadas 19 detenções, incluindo por posse de armas e tráfico de droga.

O governo francês já prometeu restabelecer a ordem após os episódios de violência, mas a polícia receia que os motins alastrem a outras cidades francesas.


Correio da Manhã