V. N. Gaia: Teve de ser operado devido aos ferimentos na face e na cabeça
Bebé mordido por rottweiler

Um bebé de 13 meses foi anteontem atacado em casa pelo rottweiler do pai, em Canelas, Vila Nova de Gaia. O menino sofreu um golpe profundo na face e na cabeça, devido ao qual teve de ser operado. O cão foi levado para um Centro de Reabilitação Animal, onde provavelmente irá ser abatido.

O ataque aconteceu por volta das 17h45, numa altura em que Daniel estava em casa com a mãe. "Ele estava de pé, agarrado a uma cadeira, e caiu. Quando ficou sentado, o cão abriu a boca e mordeu-o. A minha mulher, que estava ao lado, gritou e ele largou logo o miúdo", contou ao CM o pai da vítima, Ricardo Pinto.

O menino, mordido no lado esquerdo da cara, teve de ser operado no Centro Hospitalar de Gaia/Espinho. "Não afectou nenhum nervo. Agora, com a recuperação, vai-se detectar se está tudo bem ou não", explicou o pai.

O dono do animal desconhece o motivo que levou ao repentino ataque do canídeo. "Tenho-o há seis anos, desde que ele tinha um mês. Nunca mostrou interesse em ferrar o miúdo. Pode ter sido inveja, não sei. Nunca pensei que fosse acontecer isto", disse Ricardo Pinto.

O rottweiler foi retirado de casa, estando agora em quarentena. "Não quero mais o cão", garantiu o dono.


Correio da Manhã