A Nintendo deu a conhecer o relatório financeiro referente ao presente ano fiscal, revelando que registou um prejuízo de 2.01 mil milhões de ienes durante o período Abril/Setembro.

Trata-se de uma enorme queda comparativamente aos mesmos seis meses de 2009, durante os quais obteve um lucro de 69.5 mil milhões de ienes. Os resultados ilíquidos resvalaram 33.7 porcento, passando de 548.1 mil milhões de ienes para 363.2 mil milhões.

Em termos de plataformas, a Wii vendeu 4.97 milhões de unidades, contra as 5.75 milhões vendidas no mesmo período de 2009. A prestação da DS teve um deslize ainda maior, passando de 11.7 milhões de unidades para 6.7 milhões.

Esta queda obrigou a Nintendo a rever em baixa as previsões para o ano fiscal em curso, cortando 21.4 porcento do total das expectativas anteriormente apresentadas.

A empresa de Quioto aproveitou para anunciar que até ao momento já foram vendidas 75.9 milhões de Wii globalmente (10.8 milhões no Japão/35.9 milhões na América do Norte/29.2 milhões nos restantes territórios) e 135.6 milhões de unidades da DS (31.6 milhões no Japão/49.3 milhões na América do Norte/54.8 milhões nos restantes territórios).

Quanto ao software, foram vendidos 610 milhões de jogos Wii e 773.3 milhões de obras com destino à DS.

Regressando às previsões, a Nintendo anunciou que, durante o primeiro trimestre de 2011, espera vender 4 milhões de 3DS e 15 milhões de jogos para a consola 3D.

sapo .pt
________