As seis refinarias da petrolífera francesa Total que estavam em greve contra a reforma do sistema de reformas retomarão «na tarde desta sexta-feira» as suas actividades normais, indicou um porta-voz do grupo.
«Todas as centrais devem pôr fim ao movimento (na sexta-feira) à tarde», disse o porta-voz.

Três refinarias da Total ainda estão em greve: Donges (oeste), Feyzin (sudeste) e Grandpuits (perto de Paris).

A refinaria de Mede (sul) voltou a funcionar na quarta-feira e esta sexta-feira já o fizeram as de Gonfreville l´Orcher e Dunkerque (ambas no norte).

As refinarias interromperam as suas actividades no dia 13 de Outubro, depois de os trabalhadores terem decidido prolongar a greve iniciada no dia anterior, em meio à mobilização social contra a reforma do sistema de reformas defendida pelo presidente Nicolas Sarkozy, aprovada na quarta-feira pelo parlamento francês.


dd.