O ministro das Obras Públicas, António Mendonça, comprometeu-se hoje, sexta-feira, perante o presidente da Junta da Galiza, Alberto Núnez Feijóo, numa reunião no Porto, a estudar formas de "agilizar" o pagamento de portagens nas antigas SCUT.

"O governo português comprometeu-se esta manhã, no Porto, a analisar as propostas e medidas acordadas pelo governo galego, empresários portugueses e espanhóis e representantes políticos do norte de Portugal, em 15 de Outubro em Vigo", refere a Junta da Galiza, em comunicado enviado à agência Lusa.

Também em comunicado enviado à Lusa, o ministério português refere que na reunião de hoje foram discutidas "algumas hipóteses de agilizar a utilização dos diversos sistemas de pagamento pelos cidadãos da Galiza".

"Ficou acordado um mecanismo de troca de informação entre o Ministério das Obras Públicas, Transportes e Comunicações e a Junta da Galiza, com vista ao acompanhamento do processo de introdução de portagens", lê-se no comunicado.

O governo galego vai mais longe, garantindo que António Mendonça manifestou a "sua vontade de num curto prazo de tempo encontrar solução para os problemas que está a causar a implantação da cobrança de portagens nas vias portuguesas à circulação de mercadorias e particulares galegos."

JN