As principais fabricantes de processadores estão a ponderar criar um consórcio para tentar reduzir o tamanho dos chips para metade até 2016
A informação é avançada pelo diário económico japonês Nikkei, que refere que a ideia partiu da Intel, Toshiba e Samsung.

Estas três empresas, as maiores fabricantes de processadores do mundo, querem juntar cerca de 10 companhias da área dos materiais semicondutores para desenvolverem em conjunto tecnologias que permitam criar chips com um tamanho de 10 nanometros, metade do tamanho dos processadores actuais.



sapo.pt
_______