Bruxelas, 30 out (Lusa) - Perto de 175 guardas de fronteira da União Europeia vão ajudar, a partir de terça feira, a Grécia a lutar contra o afluxo de imigrantes clandestinos da Turquia, anunciou a Comissão Europeia.

Trata-se da primeira missão do género na Europa, com uma duração até dois meses, declarou, na sexta feira, em comunicado, a comissária europeia da Segurança, Cecilia Malmström.

A missão integra cerca de 175 guardas de fronteira de 24 Estados membros da União Europeia (UE) e de países associados do Espaço Schengen (espaço europeu de livre circulação).

dd.